quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Camilo e equipe de transição participam de reuniões com mais três secretarias

Camilo
A equipe de transição comandada pelo governador eleito Camilo Santana se reuniu nesta terça-feira (25/11), no Palácio da Abolição, com técnicos das secretárias da Saúde (Sesa), da Justiça e Cidadania (Sejus) e da Pesca e Aquicultura (SPA). Os encontros contaram com a participação da vice-governadora Izolda Cela, do deputado Mauro Filho, do secretário-adjunto da Seplag, Carlos Eduardo Sobreira, e do coordenador do Plano de Governo, Eudoro Santana, além dos secretários Ciro Gomes (Saúde), Mariana Lobo (Justiça) e Francisco Sales de Oliveira (Pesca).
No total, 14 reuniões com secretarias e órgãos vinculados foram realizadas até o momento pela equipe de transição. No primeiro encontro do dia, os técnicos da Secretária da Saúde apresentaram as ações da pasta em 2014 e fizeram um balanço dos atendimentos em todo o Ceará. O secretário Ciro Gomes citou que a construção dos hospitais regionais foi uma questão fundamental para melhorar a área da saúde no interior do estado.
O governador eleito Camilo Santana reiterou a importância da construção do hospital regional de Maracanaú e de novas Policlínicas e Unidades da Pronto Atendimento (UPAs) em todo o Ceará. “São ações que vão ampliar o sistema de saúde e proporcionar mais qualidade de atendimento aos cearenses”, disse Camilo.
No segundo encontro do dia, a secretária Mariana Lobo apresentou à equipe de transição a situação dos presídios cearenses e os programas de inclusão social para presos. Outros eixos de atuação da Sejus, como os serviços de cidadania referentes à emissão de documentos, também foram apresentados pela equipe da Secretaria da Justiça e Cidadania. “O Estado praticamente dobrou o número de vagas, mas essa é uma área em que ainda há muitos desafios”, citou a vice-governadora Izolda Cela, que integra a equipe de transição.
O secretário da Pesca e Aquicultura, Francisco Sales de Oliveira, abriu no fim da tarde a terceira reunião do dia. Ele apresentou, entre outros assuntos da pasta, projetos voltados para as comunidades de baixa renda do interior.
Nesta quarta-feira (26) serão realizadas mais reuniões entre a equipe de transição e as secretarias estaduais.

Moisés Braz e o compromisso com a Agricultura Familiar


Agricultura
O deputado estadual eleito Moisés Braz participou na manhã desta terça, 25 de novembro, de um café da manhã com dirigentes e técnicos da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) do Estado e da Ematerce. Ao lado do titular da pasta, Nelson Martins, do adjunto Antônio Amorim e do secretário-executivo, Wilson Brandão, Moisés agradeceu o apoio à sua candidatura e reafirmou seu compromisso com o fortalecimento da agricultura familiar e da assistência técnica em seu futuro mandato na Assembleia Legislativa.
O secretário Nelson Martins disse ter certeza de que Moisés, “pela experiência que tem no meio rural com embates enfrentados e pelo compromisso com o setor, vai tirar de letra na Assembleia e ser um grande parlamentar”. Por sua vez, Amorim colocou a importância da assistência técnica, tema tratado pelo pessoal da ATER com o então candidato. “O Camilo prometeu o concurso da Ematerce. Ele tem vontade, vai fazer e você terá o desafio de defender essas questões diante dos vários interesses envolvidos”, afirmou ao colocar os desafios da regularização e da modernização da Agricultura Familiar no Estado.
Em seu discurso, Moisés disse que já esteve com o governador eleito, de quem cobrou a a reestruturação e o concurso público da Ematerce. Ele aproveitou para defender a sua principal plataforma de campanha, que é a construção de um sistema de organização da produção da agricultura familiar. “Esse sistema tem que garantir terra, água energia, assistência técnica, investimentos na produção, na pesquisa e na comercialização, preservando o meio ambiente e acabando paulatinamente com o uso do agrotóxico no meio rural”, explicou.
Segundo Moisés, o seu mandato irá buscar o fortalecimento das cadeias para melhorar a qualidade de vida no meio rural cearense. Para isso, o deputado deverá visitar todas as coordenadorias da SDA, para que possa se apropriar com maior profundidade das questões relativas a cada setor. “Tenho consciência de que temos de avançar na agricultura, não só familiar, mas também no agronegócio. Não podemos mais plantar só na área de sequeiro ou quando chove”. Nesse sentido, destacou a importância da ampliação da perfuração de poços e do estímulo à agricultura irrigada. Por fim, Moisés colocou que o seu mandato terá o papel de ajudar na interlocução do governo com os movimentos sociais, sindicais e também com as instâncias governamentais.
Durante a confraternização, Moisés recebeu o material ABC da Agricultura com Baixa Emissão de Carbono, com noções sobre revitalização de solos, recuperação de mataa ciliares, biodigestor e integração de pecuária e lavoura. “Queremos ter um defensor desse plano na Assembleia”, disse um técnico na secretaria.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

CEARÁ OCUPA 1º LUGAR EM RANKING NACIONAL EM ACIDENTES GRAVES

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) dará início nesta terça-feira, 18, à Operação Trechos Críticos, priorizando os locais onde são registrados acidentes de maior gravidade.

O Ceará está ocupando a primeira posição no ranking nacional de acidentes graves, no trecho do km 0 ao 10, da BR-222. A tabela que revela os pontos mais críticos de acidentes nas rodovias federais, compreendendo as BRs 222, 116 e 020, foi divulgada nesta segunda-feira, 17.
O número de acidentes graves nesses primeiros 10 km da BR-222, registrados de janeiro a setembro deste ano, é de 168, com 204 feridos graves e nove mortes. Esse mesmo trecho é também onde há maior ocorrência de acidentes envolvendo motos, 73% dos casos.

Em territórios cearenses, a BR-116 ocupa os 2º e 3º lugares em número de acidentes graves. Os trechos críticos estão entre os km 0 e 20. A média é de 58 acidentes graves nesses pontos. No ranking nacional dos pontos críticos, esses mesmos trechos da BR-116 ocupam o 16º e 18º lugares.

De acordo com a tabela divulgada pela Polícia, os dias da semana com maior ocorrência de acidentes graves na BR-222 são: sextas, segundas e quintas-feiras, respectivamente. Já na BR-116, o mesmo registro vale para os dias de domingo, sexta-feira, quinta-feira, segundas e terças-feiras, respectivamente.

Operação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) dará início nesta terça-feira, 18, à Operação Trechos Críticos, priorizando os locais onde são registrados acidentes de maior gravidade, nas rodovias federais do Ceará.

Com a ação, a PRF pretende coibir acidentes relacionados principalmente ao excesso de velocidade, embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas, a falta do uso do cinto de segurança e, ainda, acidentes com motocicletas, que revelaram elevados índices.
O efetivo diário nas Unidades Operacionais montadas na ação receberá reforço de policiais lotados em outras regiões do Ceará, possibilitando que a fiscalização ocorra de forma ininterrupta. 
A Operação Trechos Críticos será encerrada no próximo dia 30 de novembro.

Fonte: O POVO

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Massapê-Ce: afogamento é registrado na localidade de "Morro Vermelho"

Um corpo sem vida e do sexo masculino foi encontrado na localidade de Morro Vermelho, município de Massapê. O achado de cadáver ocorreu na data de ontem (16), por volta das 09h. Possivelmente, a vítima tenha morrido por afogamento. A PM e Perícia estiveram no local da ocorrência, realizando os procedimentos legais.

domingo, 16 de novembro de 2014

A Terra treme em Coreaú e causa pânico !


Cidade no interior do Ceará registrou pelo menos quatro tremores recentes.
Moradores relatam susto; não houve pessoas feridas, afirma Polícia Militar.
Tremor causou fissura na residência de Raimunda
Cecília (Foto: Coreaú Online)

Um tremor de terra assustou os moradores de Coreaú, no interior do Ceará, na madrugada deste domingo (16). O tremor ocorreu por volta de 2h30 da manhã, de acordo com a Polícia Militar e acordou os moradores. “Foi um grande susto. Teve um barulho forte, as pessoas sentiram o chão tremer e foram às ruas para saber o que tinha acontecido”, relata o soldado da Polícia Militar Ricardo Batista.

A força do sismo derrubou parte do telhado e rachou o muro de algumas residências de Coreaú, como na residência de Raimunda Cecília. “Acordei com a casa chacoalhando, fiquei com medo, meus filhos ficaram com medo. As telhas estavam todas tremendo e as paredes também. Na hora a gente temia que acontecesse um desastre, mas foi só um susto”, relata.

A parede da entrada da residência de Cecília ficou ranhuras, marcas do tremor de terra dessa madrugada. De acordo com policiais de Coreaú, não há registro de pessoas feridas ou danos estruturais graves por conta do sismo.

O Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que monitora tremores de terra na região Nordeste, informou que vai divulgar nesta segunda-feira (17) a intensidade, epicentro e mais informações sobre o tremor de terra que atingiu o município.

Coreaú tem pelo menos quatro registros recentes de tremor de terra de baixa intensidade nos últimos anos: em março de 2010, com tremor de 2,5 pontos na escala Richter; em abril de 2010, com tremor de 2,7 graus; e em 2013, quando houve um sismo de 2,1 graus na escala Richter. O quarto tremor ocorreu nesta madrugada. A escala Richter vai de 0 a 9.

De acordo com o Laboratório de Sismologia, Coreaú – e outras cidades no Norte do Ceará – recebem tremores de terra por conta de uma ranhura da placa tectônica meso-atlântica (entre a América e os continentes africano e europeu) que passa sob a região.

Fonte: G1 CE